Transparência

Transparência
????????????????????????????????????

Grêmio apresenta Demonstrações Financeiras de 2019

Pelo quarto ano consecutivo, Clube obteve superávit no exercício

Por Grêmio.net

O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, alinhado às melhores práticas de governança corporativa, que constituem um dos pilares do Conselho de Administração, comunica que está disponível no Portal de Governança (https://gremio.net/governanca/), o Relatório da Administração, as Demonstrações Financeiras, o Relatório e Parecer dos Auditores Independentes e o Parecer do Conselho Fiscal, referentes ao exercício social de 2019.

No referido período, o Clube obteve incremento de 16,9% em sua receita operacional total em comparação a 2018, alcançando o valor recorde de R$ 420 milhões. Com isso, pelo quarto ano consecutivo, em 2019, o Clube atingiu superávit no valor de R$ 22 milhões, o que significa um montante total acumulado de superávit de R$ 122 milhões de 2016 a 2019.

Seguindo a estratégia de redução das obrigações de curto prazo, o Clube encerrou o exercício de 2019, com um Passivo Circulante de R$ 126 milhões, representando uma redução acumulada nos últimos quatro anos de R$ 85 milhões.

Em virtude da OTG  2003, emitida em 05 de dezembro de 2019 pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), foram instituídos novos procedimentos a serem adotados para a contabilização das luvas contratuais recebidas até 31.12.2017. Este fato ensejou a necessidade de reapresentação das Demonstrações Financeiras de 2018, com reflexo em 2019. O efeito desta medida resultou no aumento do passivo total do Clube em 2018, na ordem de R$ 96 milhões, refletindo em 2019, num incremento de R$ 90 milhões. Contudo, é fundamental destacar que este valor não representará nenhum desembolso efetivo de caixa, sendo contabilmente amortizado à razão de 1/6 ao ano de 2019 a 2024.

Da mesma forma, vale ressaltar que a obrigação detida pelo Clube junto a Arena Porto-Alegrense S.A., no montante líquido de R$ 102 milhões, contabilizada no Passivo Não Circulante, também não representará nenhum desembolso efetivo de caixa, pois este compromisso será quitado, exclusivamente, mediante compensação, com receitas futuras do contrato de Outorga da Superfície da Arena do Grêmio.

Considerando estes dois fatores, ao final de 2019, o passivo total do Clube que necessitará desembolso financeiro ao longo do tempo fica reduzido a R$ 300 milhões, dos quais cerca de R$ 90 milhões se referem ao PROFUT com pagamento previsto durante os próximos 15 anos.

tecnologia@eav.tv.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *